5 Cuidados para quem vai construir um imóvel e quer ter energia solar

A energia fotovoltaica pode ser adaptada a qualquer imóvel já existente. Mas se você vai construir um imóvel do zero temos algumas dicas que vão facilitar a instalação e aumentar a eficiência do seu sistema.

1: A orientação do telhado

Para nós que estamos no hemisfério sul, o ideal é orientar os painéis para o Norte com inclinação próxima da latitude do local de instalação. Mas este é o cenário ideal, mesmo com orientações e inclinações diferentes o seu sistema fotovoltaico pode ter um ótimo desempenho.

Por exemplo se os seus painéis estiverem apontados para o nordeste ou noroeste as perdas ficam apenas entre 5% e 8%, painéis orientados para o leste ou oeste tem perdas entre 14% e 22%.

2: O tipo de telhado

Um telhado com muitas águas, ou seja, dividido em pequenas partes com inclinações e orientações diferentes, dificulta a instalação dos painéis. O ideal é que a água do telhado onde serão instalados os painéis seja contínua e sem obstáculos como chaminés ou antenas. A área necessária depende de quanta energia se pretende gerar, para sistemas residências essa área costuma variar entre um mínimo de 12m² em casas pequenas até 60m² em uma casa grande e bem equipada.

3: Estrutura

O sistema que vai no telhado, composto por painéis solares mais a estrutura de alumínio, pesa cerca de 12kg/m². Este peso raramente é um problema no caso de residências mas deve ser um ponto de atenção no caso de imóveis industrias que venham a receber muitos painéis.

4: Atenção com a sombra

O maior inimigo do seu sistema fotovoltaico é a sombra que o que está na sua volta pode projetar sobre ele, as perdas na produção de energia podem ser maiores do que as pessoas imaginam. Isso porque nos sistemas com inversor central, que são os de preço mais acessível, a sombra que atinge um painel também prejudica todos os outros painéis conectados à ele.

Por isso a importância de se atentar a tudo que vai projetar sombra no telhado em que se pretende instalar os painéis como por exemplo chaminés, antenas, caixa d’agua, árvores próximas e afins.

Se não for possível escapar da sombra também trabalhamos com microinversores e sistemas com otimizadores, estas são tecnologias mais avançadas que amenizam os inconvenientes do sombreamento e ainda trazem outras vantagens que vamos abordar em outro post.

5: Ponto de instalação do inversor e proteções elétricas

No interior da casa deve ser previsto o local onde vai ficar o inversor solar e as proteções elétricas. Recomendamos um local protegido do sol e de intempéries, por exemplo a garagem ou um depósito. Para fins estéticos e também para facilitar a instalação é interessante deixar uma mangueira de 1″ que vai do telhado onde estão os painéis até o local escolhido, esta deve ser de uso exclusivo do sistema fotovoltaico. Também é necessária uma mangueira que leve de um ponto próximo ao inversor até o quadro geral do imóvel.


Para orçar o seu sistema fotovoltaico com a gente basta preencher o formulário através deste link.

Eduardo Troller
Eduardo Troller
Diretor da Geração Solar Engenharia e Eng. Eletricista formado na UFRGS